quarta-feira, 7 de março de 2007

Coração de chumbo

Nem sei sobre o que quero escrever hoje.

Na verdade, sei muito bem, mas não quero admitir.

Bem, quero admitir, mas tenho vergonha.

Foda-se, tenho vergonha mais vou dizer, porque quero que vocês façam o mesmo.

É bem legal.

Sério.

Eu prometo.

Não é nada perverso.

Ou Anárquico.

Eu garanto.

Nem sei por que eu estou fazendo esse mistério todo.

É legal.

Não o que eu vou dizer, mas o mistério.

O mistério é bem legal.

O que eu vou falar, não tenho tanta certeza.

Porém, você vai ler de qualquer forma.

Já chegou aqui, pra que desistir?

Eu juro que essa linha eu pulei, só porque eu estou bêbado.

Mas, vamos lá.

Sem delongas.

Ou enrolação.

Cápsula do tempo.

Essa é a parada.

Dá onda.

Eu juro.

Pelo menos para mim deu.

E é fácil de fazer.

Nem precisa subir o morro.

Só precisa de um caderno.

E uma gaveta.

E coisas úteis que você não precisa usar por um tempo.

Porque esse é o macete.

Escrever no caderno, datar e colocar em uma gaveta que você não abre muito.

Mas essa gaveta tem uma parada útil.

Uma parada útil que você não usa muito.

E daí, quando você for procurar aquela parada útil, que eu volto a repetir porque eu estou bêbado e os bêbados se repetem, que você não usa muito.

Você encontra o caderno.

E as paradas que você escreveu.

Há muito tempo.

Em uma galáxia muito distante.

Depois de ler,

você vai poder responder algumas perguntas.

Do tipo,

Você evoluiu?

Está melhor do que agora?

Ou involuiu?

Sente vergonha do que era?

Aquelas coisas são importantes hoje?

Você continua o mesmo babaca?

Há 5 anos,

Antes do blog

E de algumas coisas da minha vida,

Como comer a irmã de um amigo meu e ser largado no meio do nada.

Eu escrevi algumas palavras

E encontrei hoje.

E achei bem legal.

Não as palavras, e sim me ver há 5 anos atrás.

Eu era bem depressivo

Acho que hoje. nunca escreveria isso.

Não digo pelas palavras,

Nem pelos pensamentos,

Mais pelos formato.

Formato é tudo.

Foda-se o tamanho, formato é tudo.

Não é, meninas?

Ah, foda-se.

Eu vou contar.

E deixar que vocês riam de mim.

E amanhã façam o mesmo.

E, daqui há cinco anos, vamos rir juntos.

Ou não.

Foda-se!

Como diria o pai do Ney Matogrosso

É gay, mais é meu.


Coração de chumbo
(07/01/02)

O Grito do meu sofrimento é tão alto
E ninguém escuta.
As lágrimas que eu derramo
são rapidamente esquecidas
Nas viagens do ponteiro do relógio.

Estou sozinho.
Olho para um lado,
Olho para o outro,
E o que vejo são espinhos
(não quero nem olhar para cima)

Quanto tempo o sol brilha?
(alguns nem acreditam na sua existência....)
O Mundo é tão cheio de sombras
Que só subindo em uma árvore bem alta
Para enxergar a luz.

Quando fica frio,
Ninguém aparece.
Quando tem música, comida e bebida
A casa fica bem cheia.
Partilhar ombro, carinho,
Atenção e compreensão
De graça, é muito difícil.

Mas eu não queria mudar nada disso
Só um louco tentaria destruir
Um trabalho que a humanidade levou
A vida toda para construir.
Eu só queria um Coração de Chumbo
Para não derramar mais nenhuma lágrima
Nesse mundo de felicidades temporárias
E tristezas vitalícias.

6 comentários:

  1. hahaha

    melhor um coração de mercúrio...

    por mais que se despedasse, logo junto tudo de novo...

    ou quem sabe kevlar, que é mais resistente...

    cara, eu mantinha um diário, onde eu falava mal dos professores da faculdade, usando um pseudônimo... a 4 anos atrás...

    o site ainda tá no ar... de vez em quando eu entro e choro de dar risada com os textos...
    Claro que tem muita coisa ruim... mas tem boas tiradas... kkk

    ResponderExcluir
  2. primeiro texto ruim que eu encontro aqui no viciado carioca.
    Poesia eh chato pra caralho não importa a hora o lugar ou o autor.

    ResponderExcluir
  3. É cara, vc mudou realmente, ... Para melhor sem duvida!

    Não diria q o texto é ruim, ele é diferente do que estou acostumado a ler, vindo de você!

    Coração de chumbo, já tive esta vontade tmb, quem não teve!

    Vou ver se acho algo assim lá em casa... deve ter alguma mongolice minha em algum lugar!
    Aew te mando por e-mail pq tenho vergonha de mostrar pra geral! =P

    ResponderExcluir
  4. a parte do poema, hummm, nem precisava. Essa formatação estilo MSN estimula a coordenação motora.

    ResponderExcluir
  5. Vic,
    Gostei da idéia... vou tentar fazer isso. Preciso ser um pouco menos critico.
    Ah gostei do poema... Vc podia postar mais alguns de vez em quando.

    ResponderExcluir
  6. amei seu poema
    mto irado
    tbm acho q voce deveria escrever mais
    e colocar aqui
    vou fazer isso q vc falou
    ;D

    ResponderExcluir